um laboratório de dados e narrativas na favela

Atualmente o empoderamento de jovens oriundos de classes populares passa necessariamente pelo acesso, difusão e produção de informações. As narrativas construídas pela mídia hegemônica e, na contramão, pelos novos canais de comunicação surgidos nas periferias são a prova de que os dados estão em disputa acirrada no Brasil. A quem pertencem os dados? A favor de quem eles estão mais ou menos disponíveis? Como tornar os dados visíveis a ponto de garantir novas narrativas que permitam o desenvolvimento de comunidades plenas de direitos? A fim de responder essas perguntas, propomos a construção do data_labe - um laboratório de dados e narrativas na favela.

Busca de dados
Coleta e tratamento
Visualizações e análises

Projetos

Temos um canal no Medium onde contamos os processos e desafios da construção do data_labe

Ver Medium

Equipe

Clara Sacco

Clara Sacco

Produtora cultural independente e comunicadora. Atua em projetos que articulam juventude, tecnologia, comunicação, cultura e mobilização popular. Atualmente é colaboradora do Observatório de Favelas no Galpão Bela Maré.

Eloi Leones

Eloi Leones

Estudante de audiovisual formado pelo projeto Oi Kabum!, Eloi é completamente viciado em internet, vive experimentando fazer coisas em muitas áreas diferentes e adora a possibilidade de brincar com diversas tecnologias.

Fábio Silva

Fábio Silva

Músico, jornalista e editor de cultura do Site da Baixada. Graduando em Ciências Sociais pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro. Também colabora com o Jornal do Brasil Online. Antropólogo de profissão e botequim.

Fernanda Távora

Fernanda Távora

Jornalista formada pela ECO-UFRJ, com interesse em comunicação comunitária e moradora da Zona Oeste do Rio de Janeiro. De Realengo ao Pontal, não tem nada igual. Circulando pela cidade e tentando mudar o mundo aos pouquinhos.

Gilberto Vieira

Gilberto Vieira

É produtor cultural independente. Atua nos mecanismos e articulações da produção cultural no Brasil, unindo política e empoderamento cidadão através de novas tecnologias, ferramentas digitais e criação artística nos processos de produção de novas narrativas. É colaborador do Observatório de Favelas e do Olabi Makerspace.

Isis Reis

Isis Reis

Formada em Comunicação Social pela UFRJ, trabalhou no Ibase, produzindo conteúdo digital, traduções e visualizações de dados para diversos projetos da instituição. Passou também pela Open Knowledge Brasil, lidando com curadoria de conteúdo e mídias digitais. Atualmente, gerencia a comunicação da Escola de Dados Brasil.

Natália Mazotte

Natália Mazotte

Especialista em jornalismo de dados, coordena a Escola de Dados no Brasil e é co-diretora do projeto Gênero e Número. Já trabalhou nas Organizações Globo, no Instituto Brasileiro de Análises Sociais e Econômicas, e no Knight Center. Formou-se em Direito na UFF, fez graduação e mestrado em Comunicação na UFRJ e pós-graduação em estratégia digital na Pompeu Fabra (Espanha).

Paloma Calado

Paloma Calado

Moradora da Maré, negra, estudante de Ciência da Computação da UFRJ, cristã e sonhadora. Computação é a sua paixão, mas adora cantar, costurar, e seu cabelo black power! Também é vlogueira e tem um canal no youtube que tem como objetivo valorizar a beleza da mulher negra.

Silvana Marcelina

Silvana Marcelina

Filha de faz tudo nordestino com empregada doméstica paranaense, irmã mais velha de 5 criaturas, carioca da casca e fluminense de coração. De Uhul Nova Iguaçu para o mundo, graduou-se e tornou-se mestre em Serviço Social pela UFRJ. Hoje, é experimentalista em artes visuais, produção cultural e cultura maker.

Vitória Lourenço

Vitória Lourenço

Mulher, negra, mãe da Sophia. Aquela que se amarra num funk carioca. É formanda de Ciências Sociais na UERJ, Doula, Educadora Perinatal e Consultora em Amamentação. Nos últimos anos pauta sua vida na luta pelo resgate do empoderamento das mulheres via a saúde sexual e reprodutiva.